NotíciasAras revela que Lava Jato investigou mais de 38 mil pessoas e Alencar Santana cobra CPI

29 de julho de 202099

“Está mais do que na hora de o Congresso Nacional instalar uma CPI para investigar os abusos da Lava Jato”, defende Alencar Santana

A operação Lava Jato sozinha possui um acervo de dados maior do que todo o Ministério Público Federal, revelou, nesta terça-feira (28), o procurador-geral da República, Augusto Aras. O titular da PGR também disse que a força-tarefa possui informações sobre mais de 38 mil pessoas.

Segundo Aras, os arquivos da operação nascida em Curitiba somam 350 terabytes, enquanto o sistema do MPF possui apenas 40 terabytes. Para ele, a Lava Jato possui segredos que não são compatíveis com a missão do Ministério Público. “Não se pode imaginar que uma unidade institucional se faça com segredos, com caixas de segredos”, afirmou o procurador, de acordo com reportagem do UOL.

Para o deputado Alencar Santana Braga (PT-SP), a Lava Jato é fruto de um projeto político que tem o ex-presidente Lula como principal alvo e a destruição do Partido dos Trabalhadores como objetivo fundamental.

Alencar diz que a conduta dos chefes desse projeto político – Sérgio Moro, ex-juiz e ex-ministro da Justiça de Bolsonaro, e o procurador Deltan Dallagnol – confirma a natureza política da operação e os abusos cometidos pela força tarefa precisam ser investigados, expostos à população e punidos.

“Eles não podem atuar acima e à margem da lei. O Congresso Nacional precisa instaurar com urgência uma Comissão Parlamentar de Inquérito e o Supremo Tribunal Federal também precisa investigar esse esquema da infame República de Curitiba”, defende o parlamentar.

“Já passou da hora de o Supremo abrir os olhos para os abusos e irregularidades cometidas pelos procuradores da Lava Jato e pelo então juiz Sergio Moro”, completou o deputado paulista.

Líder do PT

O deputado Enio Verri (PT-PR), líder do PT na Câmara, cobrou nesta quarta-feira (29) a instalação imediata de uma comissão parlamentar de inquérito para que as violações cometidas pela Lava Jato sejam investigadas.

“A denúncia de Augusto Aras apenas vem fortalecer uma coisa que o PT já vem denunciando há muito tempo. Precisamos abrir de forma urgente a CPI para tratarmos da Operação Lava Jato. É preciso que todos os setores da sociedade fiquem sabendo exatamente que papel essa Operação vem cumprindo na democracia brasileira”, afirmou Verri durante a sessão virtual da Câmara.

Equipe Alencar Santana Braga

Mais detalhes:

https://ptnacamara.org.br/portal/2020/07/29/lider-do-pt-defende-instalacao-imediata-de-cpi-para-investigar-as-ilegalidades-da-operacao-lava-jato/

Endereço

Câmara dos Deputados
Gabinete 239
Fone: (61) 3215-5239

Escritório
Avenida Esperança, 720 – Vila Progresso
Guarulhos/SP
Telefones: (11) 2408-1274 | (11) 2408-5875

faça parte do nosso mandato

Receba nossos informativos por email e whatsApp

 

Alencar Santana, 2013 © All Rights Reserved