Ato em defesa por moradia é realizado em São Bernardo do Campo

Deputado Alencar Santana Braga saudou a resistência e promete luta pela terra na Assembleia Legislativa.

No último dia 17.09 (domingo) foi realizado um ato na cidade de São Bernardo do Campo, após ataque ao acampamento do MTST ocorrido no sábado, que feriu um integrante do movimento, vítima dos tiros disparados de um condomínio de alto padrão, vizinho à área do alojamento.

Aliados, deputados federais e estaduais do PT estiveram no ato e repudiaram qualquer incitação a violência. O deputado estadual Alencar Santana bradou o movimento e disse que irá pressionar e cobrar as autoridades, porque o governador deve e pode resolver o problema de moradia no estado.

A ocupação liderada pelo MTST, uma das mais numerosas dos últimos tempos com mais de 4 mil famílias alojadas, é fruto do desemprego e do corte de investimentos nas políticas públicas sociais como o Programa Minha Casa, Minha Vida, pelos governos de Michel Temer e de seu aliado governador Geraldo Alckmin, ambos golpistas, que deixaram de investir R$ 6 bilhões em moradia popular em São Paulo, durante sua gestão.

Ante a um cenário de crise econômica e política, aumenta o número de pessoas que não tem renda para pagar o aluguel e são literalmente despejadas. Apenas em São Bernardo do Campo, o déficit habitacional é de 90 mil famílias.

Relacionados

Os comentários estão desativados.