Faltou a Educação

Vélez mostrou total despreparo, não falou de programas, não levou projetos, não soube responder perguntas simples sobre o orçamento do Ministério que comanda

27 de março de 2019

A presença do Ministro da Educação, Ricardo Vélez, na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira(27), foi mais um momento de vergonha para o Governo Bolsonaro, que vive uma profunda crise com menos de 90 dias de mandato.

Vélez mostrou total despreparo, não falou de programas, não levou projetos, não soube responder perguntas simples sobre o orçamento do Ministério que comanda.

Duramente criticado por todos deputados, deixou claro não ter controle sobre suas palavras: voltou a criticar o Brasil e os brasileiros, disse que somos hoje como uma Colômbia de três décadas atrás.

A agressão ao país é completamente desconexa com a sua função de Ministro e fora de qualquer lógica, colocando em risco a educação pública, seja a infantil, a fundamental, a superior e os programas de alfabetização.

Nossa educação não deve ficar nas mãos de uma pessoa despreparada e descontrolada, apegada à disputas internas e no fundamentalismo de Bolsonaro e seu governo.

Relacionados

Os comentários estão desativados.