Diretor do HMU confirma que hospital será fechado hoje (31) às 19h por falta do básico para atendimento

19558AAD-DDC5-4591-8F53-8C723E9C5944
Nesta manhã fomos conversar com o diretor do HMU, Abrão Abdala, para apurar se a informação de que o hospital será fechado no fim da tarde de hoje procede. Infelizmente foi nos confirmado que, por falta de condições básicas, o hospital será sim fechado e cirurgias canceladas.
Abrão nos relatou que não há medicamentos e insumos básicos. Fornecedores estão há quatro meses sem receber. Além disso, completará o terceiro mês de atraso no salário dos médicos.
Acontece que o repasse para o hospital tem sido insuficiente e definitivamente a saúde não é prioridade para o prefeito Guti.

Em abril, o repasse era de até 12 milhões, o que já não era suficiente, fecharam um contrato de 6 milhões há mais de um ano e até agora isso não foi revisto.

O diretor nos afirmou que “desde sempre” estão alertando a prefeitura e nada tem sido feito para resolver a situação.
Esse descaso não pode mais continuar. Vamos tentar uma agenda para os próximos dias com a superintendência da Gerir (empresa que administra o hospital). Também vamos propor uma audiência pública na Câmara para tratar sobre esse contrato obscuro que a prefeitura tem com a Gerir, um contrato emergencial, sem licitação e que já foi prorrogado.
E neste sentido, queremos inclusive pedir uma agenda no Tribunal de Contas para denunciar este modelo de contrato nocivo ao dinheiro público. Tem que acabar com contrato emergencial. Se for terceirizar novamente, que seja com licitação, com valores adequados, inclusive com valores planilhados com o real custo do hospital.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *