Mais Médicos para Guarulhos

Quero dar as boas vindas aos 21 médicos cubanos que estão se somando ao quadro de médicos de Guarulhos a partir de hoje, através do programa Mais Médicos, do governo federal, lançado pela presidenta Dilma Rousseff e o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, em setembro do ano passado

23 de abril de 2014
Por Alencar Santana Braga
Mais-Médicos-para-Guarulh os
Primeiramente quero dar as boas vindas aos 21 médicos cubanos que estão se somando ao quadro de médicos da cidade a partir de hoje, através do programa Mais Médicos, do governo federal, lançado pela presidenta Dilma Rousseff e o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, em setembro do ano passado.
Com a vinda desses novos profissionais, chega a 52 o número de médicos vindos por meio do programa para reforçar o atendimento na Atenção Básica e reduzir a demanda nos hospitais, ampliando a assistência nas Unidades Básicas para prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida das pessoas.
Não à toa o Mais Médico tem sido muito aceito pelos brasileiros, em especial aos que precisam e utilizam o sistema público de saúde e sentem na pele a necessidade de ampliar o atendimento, seja aumentando o número de médicos, melhorando a infraestrutura ou implantando mais faculdades de medicina, o que também prevê o programa.
Em Guarulhos não é diferente. A população da cidade tem elogiado, não somente a implantação do programa por parte do governo federal em parceria com a prefeitura, mas também a boa vontade com que se apresentam os profissionais estrangeiros contratados.
Mês passado, a pesquisa Datafolha revelou o acerto e êxito do programa Mais Médicos. Do início do programa até o resultado desta pesquisa, cerca de 14 milhões  foram atendidos por médicos estrangeiros que trabalham no programa. Milhões que poderiam estar ainda nas filas se não fosse a medida.
E contrariando os preconceituosos de plantão, contras o programa, a pesquisa mostrou ainda que 69% dos brasileiros atendidos pelos médicos estrangeiros consideram que o atendimento foi ótimo ou bom e 27% acharam regular, ruim ou péssimo. Questionados sobre a vinda de profissionais estrangeiros para trabalhar no programa em regiões remotas do país com falta desses  profissionais, 67% dos entrevistados manifestaram-se favoráveis à medida.
Ou seja, o programa Mais Médico agrada a maioria dos brasileiros e tem cumprido seu maior propósito, que é levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência de profissionais. E os resultados estão aí.
Que esses 21 novos médicos cubanos venham, sejam bem recebidos em nossa cidade e que possam realizar seu trabalho pela saúde pública dos guarulhenses, assim como já vêm fazendo em Guarulhos e por todo o Brasil, e sem qualquer tipo de discriminação e preconceito.
*Alencar Santana Braga é advogado, deputado estadual e presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *