Notícias

6 anos ago282
https://www.alencarbraga13.com.br/site/wp-content/uploads/2015/09/ato-primavera1.jpg

Ato “Primavera Democrática contra o golpe e a criminalização dos movimentos” acontecerá no dia 26 de setembro

O objetivo do ato é fazer a defesa do PT, dos partidos de esquerda, dos movimentos sociais e das políticas públicas que transformaram o país

Por DM-PT-SP
Terça-feira, 22 de setembro de 2015

Com o tema “Primavera Democrática: Contra o golpe a criminalização dos movimentos”, as entidades e partidos que compõem a frente #TodosPelaDemocracia e os Diretórios Estadual e Nacional do PT realizarão um ato público, no dia 26 de setembro, sábado, na Praça da Sé.

O objetivo do ato é fazer a defesa do PT, dos partidos de esquerda, dos movimentos sociais e das políticas públicas que transformaram o país. A batalha contra o ódio e a intolerância, que se manifestaram através dos atentados a bomba nas sedes do PT, também será tema de reflexão no ato.

A Frente #Todospelademocracia é formada por todos que têm interesse em defender a legitimidade da democracia. O lançamento da frente aconteceu no dia 14 de julho em um ato suprapartidário que contou com a participação dos movimentos sociais, sindicais, juristas, artistas, intelectuais e líderes religiosos. Entre os partidos políticos que compõem estão o PC do B, PT, PCO e PDT.

Serviço:

Ato”Primavera Democrática contra o golpe e a criminalização dos movimentos”
Dia: 26/09 (sábado)
Horário: a partir das 12horas
Local: Praça da Sé – Centro de SP

Clique aqui e confirme sua presença no Ato Primavera Democrática no evento no facebook.

Veja abaixo o manifesto do ato

ATO PÚBLICO RESISTÊNCIA DEMOCRÁTICA – DIA 26 DE SETEMBRO, NA PRAÇA DA SÉ

CONTRA O GOLPE E A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Em defesa do PT, dos partidos de esquerda, dos movimentos sociais e das políticas públicas que transformaram o país.

O direito a manifestação e a organização na nossa sociedade foram reconquistados com muita luta por aqueles que combateram a ditadura no Brasil. Muitos foram presos, torturados, mortos em torno dessa luta que tinha como principal reivindicação a liberdade e a melhoria de vida para o povo brasileiro.

No entanto, o Brasil vive hoje um momento muito delicado, propostas de direita ganharam espaço e se materializaram, como a volta da ditadura militar e a redução da maioridade penal. Manifestações racistas e preconceituosas aconteceram no último período e a intolerância tem sido cada vez mais presente na sociedade.

Temos que combater a “irracionalidade emocional” que se instalou em parte da sociedade brasileira, como bem disse nosso ex-presidente Lula.

Não podemos considerar que três atentados a bomba em sedes do PT sejam manifestações normais, como também não é correto simplificar todas as mazelas de 500 anos de Brasil num único partido ou governo.

Não existe democracia, sem partidos, sindicatos, movimentos sociais, religiosos, culturais, pois para que uma a sociedade seja realmente livre, maior deve ser a participação popular nas decisões que incidem na vida de seu povo.

Foi na democracia que conquistamos nossos direitos trabalhistas e sociais, e seguimos na rua, como no dia 20 de agosto, em defesa do mandato popular, da liberdade e dos direitos.

Todas as vezes que as instituições da sociedade civil se enfraqueceram na história de nosso país, quem perdeu foi a democracia, a liberdade e a capacidade de melhoria do povo brasileiro.

Por isso é importante estarmos juntos no dia 26 de setembro, a partir das 12 horas, na Praça da Sé, em São Paulo para levantarmos a bandeira da democracia por um Brasil justo e igual para todos e todas!

PT – Partido dos Trabalhadores
PCdoB – Partido Comunista do Brasil
PDT – Partido Democrático Trabalhista
PCO – Partido da Causa Operária
CUT – Central Única dos Trabalhadores
CTB – Central de Trabalhadores do Brasil
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
CMP – Central de Movimentos Populares
FLM – Frente de Luta por Moradia
UMM – União de Movimentos de Moradia
UNE – União Nacional dos Estudantes
UBES – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas
UJS – União da Juventude Socialista
JPT – Juventude do PT
AJR – Aliança da Juventude Revolucionária

Endereço

Câmara dos Deputados
Gabinete 239
Fone: (61) 3215-5239

Escritório
Avenida Esperança, 720 – Vila Progresso
Guarulhos/SP
Telefones: (11) 2408-1274 | (11) 2408-5875

faça parte do nosso mandato

Receba nossos informativos por email e whatsApp