ArtigosNotíciasSugestõesDireitos Humanos nas escolas, para enfrentar o pensamento conservador midiático – Por Tiago Soares

O partido dos trabalhadores em sua trajetória de existência, sempre levou a pauta dos direitos humanos como referência para consolidar um projeto democrático e popular.
8 anos ago339
O partido dos trabalhadores em sua trajetória de existência, sempre levou a pauta dos direitos humanos como referência para consolidar um projeto democrático e popular
Por Tiago Soares 

Construir e pavimentar o caminho para uma nova sociedade igualitária, fraterna e solidária somente será possível, com os atores sociais cientes da necessidade em ter os direitos humanos assegurado. O partido dos trabalhadores em sua trajetória de existência, sempre levou a pauta dos direitos humanos como referência para consolidar um projeto democrático e popular.

Enfrentar a onda reacionária de preconceito aos direitos humanos, produzido e incentivado pelos meios de comunicação, somente será possível com a implementação das Diretrizes Gerais da Educação em Direitos Humanos, como um dos eixos fundamentais do direito à educação, assumir o desafio de promover a formação continuada dos(as) servidores(as) públicos(as) nesta temática, visando o estabelecimento em todas as áreas de uma cultura de direitos humanos orientadora das ações de governo.

Essa é uma pauta que o partido e seus militantes não podem abrir mão ou torná-la como a ultima opção, as prefeituras e os governos de estado que dirigimos devem ser os primeiros a implementar as diretrizes de educação em DH, constituir órgãos e conselhos de promoção aos direitos humanos.

Em São Paulo o estado mais rico da federação, também é um dos mais desumanos, aqui o goveno do estado dirigido pela direita conservadora (PSDB/DEM/PPS) há 20 anos, considera normal atirar em manifestantes com arma de fogo, servir aos interesses privados dos grandes centros comerciais, proibindo a participação de jovens em “rolêzinhos”, tercerizar o sistema penitenciário para uma denominada facção criminosa, ver o número de pessoas mortas por policiais em período de bico triplicar devido a mal condição de trabalho e remuneração desses servidores, precarizar o serviço de atendimento as medidas sócio-educativas, grande índice de mortalidade juvenil em especial os negros das periferias. Diante de tantos desafios, cabe ao PT e a sua militância propor ao estado uma nova concepção de gestão onde os direitos humanos estejam à frente na definição das politicas públicas.

A Prefeitura de São Paulo gerida pelo PT e aliados, conseguiu dar o primeiro passo com o programa piloto dê braços abertos, apesar de estar em fase experimental o projeto já sai vencedor, por enfrentar a velha midia e a concepção retógrada em lidar com os usuários de drogas em especial o crack, o programa esta assentado nos principios de restabelecer a dignidade humana.

A partir dessa experiência, é necessário impulsionar o debate e ações voltada, a pauta da Descriminalização das Drogas, aprovação da PEC que proibe o trabalho escravo, o direito a democratização dos meios de comunicação, Criminalização da Homofobia, a desmilitarização das policias, a garantia da liberdade religiosa, aprovação do projeto lei pelo fim dos autos de resistência, são assuntos contemporâneos que devemos estar sintonizado.

Radicalizar na defesa e ampliação de ações e programas, que promova a dignidade humana esta na pauta do dia, a educação torna espaço essecial para consolidar um projeto de país voltado a liberdade dos direitos humanos, o Partido dos Trabalhadores necessita acelerar suas ações programáticas, nos governos em que administra e em parceria com movimentos sociais, lutar para derrotar os possíveis retrocessos, que possam ser levantado pela direita conservadora e seus instrumentos de alienação.

*Tiago Soares é militante da Luta pelos Direitos Humanos e Combate ao Racismo, e membro do Diretório Estadual do PT-SP.

Endereço

Câmara dos Deputados
Gabinete 239
Fone: (61) 3215-5239

Escritório
Avenida Esperança, 720 – Vila Progresso
Guarulhos/SP
Telefones: (11) 2408-1274 | (11) 2408-5875

faça parte do nosso mandato

Receba nossos informativos por email e whatsApp