Destaques-listaNotíciasMinistério do Trabalho interdita obra em ponte de São Paulo onde ocorreu acidente que matou 5 operários

A fiscalização do MTE aponta no sentido de responsabilizar totalmente a empresa pelo ocorrido
8 anos ago253

Por Portal Planalto com informações do Ministério do Trabalho e Emprego

A obra da ponte sobre o Rio Piracicaba, no interior de São Paulo, foi interdita nesta quarta-feira (3), pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), após a queda de um pilar de sustentação na ponte ter provocado a morte de cinco operários e ter deixado outros cinco feridos, na terça-feira (2).

“A Superintendência será rigorosa na apuração. Interditamos a obra e vamos fazer uma devassa nessa empresa que já tem um histórico de acidentes”, afirmou o superintendente Regional de Trabalho e Emprego de São Paulo, Luiz Antônio Medeiros.

A Construtora Tardelli, responsável pelas obras do novo anel viário de Piracicaba, já havia recebido mais de 40 autuações do MTE referentes a irregularidades com relação à saúde e à segurança dos trabalhadores, além de ter sido responsabilizada por um acidente em maio deste ano, que feriu gravemente dois operários, no mesmo local.

Medeiros, que assinou o laudo de interdição e concedeu entrevista coletiva no local onde as buscas aos desaparecidos estão sendo efetuadas, disse que a Superintendência não medirá esforços para chegar às verdadeiras causas do acidente. “Num caso como este, que envolve morte de trabalhadores, não se pode falar em fatalidade. É preciso apurar as causas, os responsáveis e os erros que provocaram essa tragédia”, garantiu.

A fiscalização do MTE aponta no sentido de responsabilizar totalmente a empresa pelo ocorrido.

“Embora tenhamos feito as fiscalizações, ninguém do Ministério podia imaginar que o vão central da ponte iria cair. Isso é uma questão de engenharia. O que poderíamos fazer, foi feito. Agora, vamos ser absolutamente rigorosos, porque já havíamos advertido a empresa. Era para que fossem tomadas providências e não ter deixado chegar onde chegou. Portanto, as pessoas responsáveis terão que pagar”, disse o superintendente.

Endereço

Câmara dos Deputados
Gabinete 239
Fone: (61) 3215-5239

Escritório
Avenida Esperança, 720 – Vila Progresso
Guarulhos/SP
Telefones: (11) 2408-1274 | (11) 2408-5875

faça parte do nosso mandato

Receba nossos informativos por email e whatsApp