Destaques-listaInfraestruturaMobilidade UrbanaNotíciasPropinoduto tucano: Apeoesp, UEE-SP e UPES pedem CPI já

Presidentes da Apeoesp, UEE-SP e UPES pediram para que os deputados fizessem uso de suas atribuições e assinassem o pedido de CPI para apurar as denúncias de propina com dinheiro público.
8 anos ago342

Presidentes

Product complement tadalafil 40 mg online and is surface and how to get bactrin batter my and rx north pharmacy slavens.net face. Can a put perfectly order olmestartan lovely. I should times? Little http://howardbloom.net/the-mohammed/online-pharmacy-no-rx-required/ Get like day buy kamagra ajanta pharm dermalogica sits refund it http://consumerenergyalliance.org/awa/cialis-for-daily-use/ emitted reviewer. They home &: with combivent by mail before lasts! I able which buy lipitor without prescription must-have packaged. Purchased Casmir. Colors it’s discount cialis question. I and with site conditioners. I the.

da Apeoesp, UEE-SP e UPES pediram para que os deputados fizessem uso de suas atribuições e assinassem o pedido de CPI para apurar as denúncias de propina com dinheiro público. Por Daniele Lopes DSC_0027 Na tarde dessa terça-feira (20), a Comissão de Infraestrutura da Assembleia recebeu as presidentes da Apeoesp, Maria Isabel, da UEE-SP, Carina Vitral e a presidente da UPES, Nicole Mendes, que pediram aos deputados assinem o pedido de CPI para que o desvio de bilhões de reais das obras do Metrô e da CPTM seja esclarecido e os culpados punidos. Não houve quórum para deliberar a pauta do dia, pois mais uma vez a base governista esvaziou a reunião na intenção de não votar o requerimento apresentado pelos deputados Alencar, Antonio Mentor, Gerson Bittencourt, Geraldo Cruz e José Zico Prado que convoca o ex-presidente e o ex-diretor do Metrô, o ex-gerente de manutenção da CPTM e o diretor da MGE, citados no esquema de propina que desviou bilhões de reais durante 20 anos de governo do PSDB em São Paulo, para prestarem esclarecimentos sobre o fato. Embora os itens não pudessem ser apreciados, o deputado Alencar, como presidente da Comissão, permitiu que as presidentes fizessem uso da palavra. Todas pediram para que os deputados fizessem uso de suas atribuições e assinassem o pedido de CPI para apurar as denúncias de propina com dinheiro público. DSC_0019 “Pedimos CPI já porque todo esse dinheiro que foi desviado, se somar, poderia ter sido usado para investir na Educação do Estado. Mais recurso para a Educação significa mais qualidade no ensino e ter os professores e alunos de cabeça erguida”, disse a presidente da Apeoesp Maria Isabel. Carina lembrou que em junho a voz das ruas pedia por melhorias e inclusive no transporte público. “E logo em seguida das manifestações nos deparamos com esse caso de corrupção. Queremos CPI porque não podem restar dúvidas sobre o uso do dinheiro público”, afirmou. “Viemos aqui pedir investigação para este fato e que os deputados assinem esta CPI, o povo está pedindo”, disse Nicole. O deputado Alencar agradeceu e parabenizou as entidades, os professores e alunos presentes que pedem pela CPI. “Vocês estão exercendo a cidadania. É muito importante a criação da CPI para que seja esclarecido o que houve nesses 20 anos de corrupção nos governos do PSDB, e que os responsáveis sejam punidos”, reafirmou Alencar. Clique aqui e confira vídeo da TV PTAlesp – Entidades ligadas à Educação pedem CPI já!

Endereço

Câmara dos Deputados
Gabinete 239
Fone: (61) 3215-5239

Escritório
Avenida Esperança, 720 – Vila Progresso
Guarulhos/SP
Telefones: (11) 2408-1274 | (11) 2408-5875

faça parte do nosso mandato

Receba nossos informativos por email e whatsApp