AlencarArtigosDestaques-listaMobilidade UrbanaQue também caia a tarifa dos ônibus intermunicipais

Na semana passada, o prefeito Fernando Haddad e o governador anunciaram a redução da passagem de ônibus municipais, do trem e metrô. Acontece que o governador Geraldo Alckmin não reduziu as tarifas da EMTU/SP (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo), responsável pelo transporte urbano entre municípios.
8 anos ago349
Por Alencar Santana Braga*
Na semana passada, o prefeito Fernando Haddad e o governador anunciaram a redução da passagem de ônibus municipais, do trem e metrô. Acontece que o governador Geraldo Alckmin não reduziu as tarifas da EMTU/SP (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo), responsável pelo transporte urbano entre municípios.
Tarifas essas que com certeza devem ser revistas, uma vez que a municipal, o trem e o metrô baixaram. Além do que, os índices do aumento da passagem da EMTU foram acima da inflação e mesmo após a decisão da presidenta Dilma em isentar das receitas das empresas de ônibus, trens e metrô o PIS e COFINS, que pesavam 3,65% no valor das tarifas.
Devemos cobrar que os ônibus intermunicipais também baixem suas tarifas e o trabalhador, que se desloca de uma cidade a outra diariamente, possa pagar menos pelo valor da passagem.
Juntamente com meu colega de bancada, o deputado Gerson Bittencourt, apresentei, antes mesmo das manifestações do MPL, um requerimento na Comissão de Transportes e Comunicações da Assembleia para que o diretor-presidente da EMTU, Joaquim Lopes preste esclarecimentos acerca desses reajustes exorbitantes, o que foi aprovado na semana passada pela Comissão.
Queremos saber qual foi a razão dos índices, já que houve linhas que a tarifa aumentou em 6.6%; 7,5%, no caso da cidade de Guarulhos, e até 9,6%.
Os valores não podem sair ‘do nada’, visando apenas o lucro das empresas e colocar o prejuízo no colo dos usuários, que diariamente sofrem com as más condições da mobilidade urbana.
O governador Alckmin, que no início recriminou o movimento contra o aumento da passagem, determinou que a polícia fosse agressiva, que só reduziu as tarifas do trem e do metrô após sentir a pressão do povo, assim como os outros governos, tem que abaixar a tarifa dos ônibus intermunicipais também.
O clamor da rua pede uma nova postura política, não pode o governador Alckmin achar que a coisa não é com ele e fingir-se de desentendido. Que ele entenda esse novo momento e aja da maneira que o povo pede. Só falta a EMTU baixar as tarifas.
* Alencar Santana Braga é advogado, deputado estadual pelo PT/SP e membro da Comissão de Transporte e Comunicações da Alesp.

Endereço

Câmara dos Deputados
Gabinete 239
Fone: (61) 3215-5239

Escritório
Avenida Esperança, 720 – Vila Progresso
Guarulhos/SP
Telefones: (11) 2408-1274 | (11) 2408-5875

faça parte do nosso mandato

Receba nossos informativos por email e whatsApp